17 julho 2004


engrenagem Posted by Hello

Rapariga Atarefada com a Vida



Corremos. Passamos toda uma vida a correr como se a felicidade fosse um atleta profissional da maratona e a vida tivesse como objectivo alcançá-la.
O problema é que levamos sempre demasiado peso, coisas desnecessárias que alguém no caminho nos convenceu a levar com o engano de que seria mais fácil. Mas é engano.
O peso acumula-se e torna os nossos passos mais curtos, mais lentos e a felicidade toma avanço.
Às vezes parece que o avanço é tão grande, mas tão grande, que nem vale mais a pena! Deixamos de a ver, de acreditar. Ficamos para ali parados naquele triste abandono.
E às vezes, chega um companheiro, um sorriso, uma esperança. Até pensamos que é a felicidade que veio ao nosso encontro. Mas não há felicidade no que nos alcança. A felicidade alcança-se, não chega sem esforço, não vem de borla.
Por isso é que os príncipes encantados vêm disfarçados de sapos que é preciso beijar. Ou os génios que satisfazem desejos, escondem-se em garrafas que é preciso esfregar para os convencer a sair.
E tu rapariga? Que labuta é a tua? Carregas coisas, ou corres atarefada atrás da felicidade?



2 comentários:

Melanoma disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Topazio disse...

A arte é saber que daqui apenas levas a imaterialidade das acções...
Um beijo docinho